Publicações Populares

Escolha Do Editor - 2019

Estufas de policarbonato: vantagens e desvantagens

Estufas de policarbonato hoje são consideradas uma das instalações mais ideais e populares, que se distinguem por um grande número de vantagens. Uma grande variedade de modelos permite que cada pessoa escolha a opção mais ideal para sua casa ou casa de campo, que inclui todos os parâmetros necessários. As estufas prontas deste material têm uma impressionante vida útil, o que as torna a escolha preferida entre outras similares.

Características especiais

Imediatamente após o seu aparecimento, os lençóis de policarbonato ganharam o amor e a confiança de muitos residentes de verão. No entanto, apesar disso, nem todos entendem o que exatamente é esse material, quais são suas principais vantagens e desvantagens. Compreender esta questão só pode examinar cuidadosamente as características estruturais do policarbonato e as vantagens de construir estruturas de efeito estufa a partir dele.






Uma característica distintiva do policarbonato é que ele tem uma estrutura de favo de mel. Cada célula inclui células especiais cheias de ar. É graças a isto que as construções mantêm o calor dentro sem problemas. Inicialmente, as chapas de policarbonato não podiam se orgulhar de tais altas propriedades de isolamento térmico, mas logo começaram a ser tratadas com vernizes especiais, o que permitiu que este material fornecesse uma proteção confiável contra os raios ultravioleta prejudiciais.




Outra característica do policarbonato é que é bastante fácil de processar. As propriedades exclusivas do material permitem a perfuração, colagem ou outros procedimentos. Além disso, é bastante fácil de cortar com um quebra-cabeças elétrico e, na ausência de tais ferramentas, você pode usar tesouras comuns reforçadas. É importante notar também a principal vantagem técnica do material de policarbonato, que se encontra em sua baixa massa e capacidade de transmitir a luz solar. É por isso que eles podem ser usados ​​para a produção de estruturas de efeito estufa. O material é famoso por sua plasticidade, o que simplifica bastante o trabalho com ele. Graças a esta propriedade, se necessário, uma estufa de policarbonato pode ser equipada com pequenos orifícios ou divisórias.






Vantagens e desvantagens

O uso de folhas de policarbonato para estufas tem um grande número de vantagens, a principal delas é a pequena massa e durabilidade do design futuro. Mesmo se comparado com materiais de vidro, o policarbonato resiste a mais de uma estação e é menos propenso a danos. Além disso, este material beneficia grandemente em comparação com o filme, que não é capaz de suportar até mesmo a menor pressão mecânica.






As folhas de policarbonato distinguem-se por uma estrutura única, que lhes permite manter o calor no interior sem quaisquer problemas, e é muito melhor do que o filme ou vidro comum. E a alta plasticidade e flexibilidade permitem processar este material sem problemas, para pô-lo em um quadro ou outras estruturas semelhantes. Somente a partir de chapas de policarbonato você pode criar estufas de qualquer configuração, o que não é o caso do uso de vidro.

Entre as vantagens distintivas do policarbonato na produção de estufas estão as seguintes.

  • Facilidade e facilidade de instalação. Devido ao fato deste material ter um peso mínimo, é bastante fácil de transportar e instalar.
  • Propriedades únicas de isolamento térmico, que foram possíveis graças à estrutura inovadora do material e tratamento especial.
  • Impressionante desempenho de isolamento acústico, que às vezes pode chegar a 25 decibéis.
  • A presença de um revestimento especial que fornece proteção confiável contra os efeitos nocivos dos raios ultravioletas.
  • Excelentes características de resistência Apesar de sua baixa massa, este material pode suportar cargas mecânicas e choques, bem como mudanças bruscas de temperatura. Estudos recentes mostram que as modernas chapas de policarbonato são 200 vezes mais resistentes que o vidro.



  • Grande seleção de tamanhos de folha, para que cada pessoa possa escolher a melhor opção para si. Uma enorme seleção permite realizar mais confortavelmente o revestimento das vãos, bem como criar partições em estruturas de efeito estufa.
  • Capacidade de usar estufas de policarbonato ao longo do ano. Devido à sua força, o material pode suportar o vento, a carga de neve e outros fenómenos meteorológicos sem quaisquer problemas.
  • Alto nível de segurança e ausência de vapores perigosos no processo de combustão. A principal vantagem do policarbonato é que ele começa a derreter apenas a uma temperatura superior a 550 graus.
  • O revestimento é caracterizado pela impressionante resistência a substâncias agressivas, incluindo agentes químicos de limpeza e precipitados ácidos.





Apesar de suas muitas vantagens, as chapas de policarbonato têm várias desvantagens.

Para que essas folhas durem o maior tempo possível e mantenham sua atratividade, é necessário seguir estritamente certas regras de operação.

  • Em primeiro lugar, em nenhum caso suas extremidades devem ser deixadas abertas, pois sempre pode haver umidade ou insetos, o que causará danos ao material. O ambiente úmido contribui para a disseminação ativa de fungos, o que afeta muito as propriedades de desempenho do material e toda a estufa de policarbonato.
  • As folhas precisam ser limpas em tempo hábil de sujeira e poeira, usando apenas tecidos moles. Em nenhum caso você pode recorrer ao uso de detergentes agressivos que podem danificar o revestimento e anular suas propriedades exclusivas de proteção.
  • Também vale a pena se recusar a usar qualquer meio que inclua álcalis ou éteres, uma vez que eles também podem prejudicar o revestimento da folha de policarbonato.
  • Produtos abrasivos e objetos pontiagudos podem danificar a camada protetora, que é projetada para não transmitir raios UV prejudiciais.
  • No inverno, com fortes nevascas, é necessário limpar constantemente a parte superior da estrutura para evitar a formação de gelo e a subsequente deformação da estufa. O fato é que, sob a pressão da neve, a estrutura está sob tremenda pressão e pode começar a mudar de forma, o que ameaça o colapso de toda a estufa. Por isso, recomenda-se a limpeza oportuna da neve das chapas de policarbonato.



Quanto ao custo de construção de um revestimento de policarbonato, é, evidentemente, muito mais baixo do que o custo de construir uma estufa feita de vidro, mas um pouco mais cara do que um revestimento de película. Em qualquer caso, no mercado atual é muito difícil encontrar algo mais ideal em termos de preço e qualidade.

Tipos e formas de construção

Hoje, a escolha de estufas é bastante grande: você pode encontrar coletas grandes e pequenas, quadradas e retangulares, duo-passo e passo único, dobráveis ​​e soldadas, galvanizadas, deslizantes, monolíticas ou estruturas com teto removível. Graças a isso, cada pessoa pode escolher a opção mais ideal e adequada para ele, que se distingue por todas as propriedades necessárias.

Primeiro de tudo, você deve falar sobre a forma da moldura, que pode ser feita na forma de uma tenda, casa, arco ou ter quase qualquer outra forma. E isso foi conseguido graças à flexibilidade e plasticidade do policarbonato, que permite dar a este material quase qualquer formato.




Deve-se notar que cada forma do quadro tem suas próprias vantagens e desvantagens que devem ser levadas em conta antes de escolher uma opção específica. Hoje, estruturas arqueadas, que são representadas por um quadro de empena única ou dupla, são extremamente populares. Entre as vantagens distintivas desta forma, é possível destacar a facilidade de montagem e o consumo mínimo de plástico polimérico, o que acaba reduzindo o preço global para a construção de estruturas de efeito estufa. Além disso, os formulários arqueados exigem um tempo mínimo, o que é especialmente importante com uma quantidade limitada desse recurso. No entanto, este tipo de estrutura tem algumas desvantagens, entre as quais se destaca a dificuldade de cuidar de plantas perto das paredes laterais, o que é causado pelas características únicas da estufa.




Outra variedade popular é a estufa anca, que se assemelha a uma tenda na aparência. Essas formas são mais ideais em locais onde muitos tipos de vegetais serão cultivados. Uma característica distintiva das instalações sob a forma de uma tenda é que elas podem ser de quase qualquer tamanho, mesmo as mais não padronizadas.

Vale a pena notar que a estufa com telhado de quadril é altamente indesejável para uso no inverno, já que devido à grande quantidade de neve a estrutura pode ser seriamente afetada. Se você quer construir apenas este tipo de estufa, então você precisa usar apenas folhas de policarbonato reforçado que possam lidar com tais cargas. Naturalmente, tal decisão seria muito mais cara, por isso seria mais conveniente escolher um tipo diferente de estufa. Quanto às estufas de passo único, sua construção é muito mais barata. Uma característica distintiva deste projeto é que ele pode ser anexado a uma casa ou outra estrutura. Sua principal vantagem é que o edifício repousa sobre uma parede confiável de outro prédio, o que garante durabilidade e capacidade de suportar cargas enormes. Comentários dizem que tal estufa é um longo tempo, se você constantemente cuida dela.






É melhor instalar instalações de estufa no lado sul para que as plantas recebam o máximo de luz natural possível. E, se desejado, a construção do galpão pode ser instalada separadamente da estrutura principal, no entanto, é necessário garantir a largura máxima para que várias fileiras de estantes possam ser colocadas no interior. A principal vantagem deste tipo é que dentro de você pode colocar uma enorme quantidade de mudas, o que é de suma importância para a obtenção de uma colheita abundante e de alta qualidade.




Nos últimos anos, construídos em Mietlayder são muito populares. Estas são estruturas únicas que são ligeiramente mais altas no lado norte do que no lado sul. Soluções de design exclusivas permitem que você crie dentro do microclima ideal que proporciona às plantas um alto nível de conforto.




Se há 10 anos, os tipos poligonais de estruturas de efeito estufa eram bastante raros, hoje eles não surpreenderão ninguém. Entre seus pontos fortes estão altos indicadores estéticos. Esta estufa é caracterizada por uma aparência atraente, o que melhora a visão de toda a casa de verão. Além disso, nesses projetos, você pode garantir a máxima proteção das plantas contra superaquecimento no verão, quando a temperatura do ar pode atingir taxas extremamente altas. Estufas poligonais de policarbonato possuem uma enorme quantidade de espaço utilizável, já que não há passagem central, o que permite que você instale um monte de prateleiras.




Tais estufas são feitas exclusivamente de policarbonato, uma vez que este é um material bastante flexível e pode receber qualquer forma, o que é extremamente importante na construção de uma estufa poligonal. No entanto, no processo de seleção, o foco não deve ser a forma da estufa, o número de mudas que precisarão ser cultivadas na estrutura. Além disso, deve-se dar atenção às características climáticas da região e ao custo dos materiais que serão utilizados no processo de construção de uma estufa.

Para escolher o tipo certo de estufa e seu design, você deve decidir imediatamente para quais propósitos a sala futura será necessária, em que horas do ano ela será usada e quais tamanhos são adequados para suas condições. Além disso, é imediatamente necessário lidar com o sistema automatizado, porque quanto mais várias construções inovadoras ele contém, maior deve ser o tamanho da estrutura. Hoje as estufas de galpões são consideradas as mais populares e procuradas no mercado moderno. Sua característica distintiva é que eles têm pequenas dimensões, de modo que eles podem ser usados ​​em áreas com uma pequena área. É por isso que eles são chamados de projetos com um alto nível de eficiência.




Apesar das dimensões mínimas, trabalhar em tal estrutura é bastante conveniente e você pode colocar uma enorme quantidade de mudas aqui. E a principal vantagem de uma estufa de galpão é que ela pode ser fixada em ambos os lados da casa, no entanto, a extensão no lado sul é considerada a melhor opção, para que as plantas possam receber uma quantidade suficiente de luz natural.

extensão no lado sul

Entre as deficiências pode ser chamado o fato de que tal projeto é extremamente difícil de cobrir o filme, como o vento irá demoli-lo em uma base regular. A maioria dos residentes de verão, neste caso, prefere vidro ou plástico. As estufas de empena são casas comuns que podem ser construídas independentemente. Tais instalações têm um grande número de vantagens, que as distinguem favoravelmente das outras.

Primeiro de tudo, você não pode se preocupar que a estufa vai quebrar sob o peso da neve no inverno. Além disso, a forma única do telhado permite que você pegue quase todo o material para construção, e não apenas as chapas de policarbonato. Naturalmente, os últimos são os mais ideais devido à relação única de preço e qualidade. Também deve ser notado que o uso de tal estufa permite um estilo adicional, o que é muito importante para alguns residentes de verão. Naturalmente, como outras variedades, a construção do frontão tem suas desvantagens. Dado o fato de que é montado com a ajuda de uma enorme quantidade de materiais de fixação, o residente de verão deve verificar constantemente a estrutura quanto a estanqueidade e certificar-se de que nenhuma peça está sujeita à corrosão.






No futuro, não será possível redimensionar ou expandir essas premissas. E o telhado das estufas de empena é grande o suficiente, por isso é preciso prestar muita atenção à construção da fundação. Nos últimos anos, as estruturas arqueadas, que possuem uma superfície reflexiva mínima, também são muito populares. É por isso que deixam entrar mais luz do sol do que as inclinações simples e duplas. As vantagens construtivas únicas deste design permitem que as culturas cresçam a enormes alturas, o que não pode ser alcançado em edifícios comuns.




Deve ser entendido que o cuidado de plantas que estão localizadas em uma estufa de policarbonato arqueada é bastante difícil. Deve-se notar que estes tipos não podem ser usados ​​para o cultivo de mudas para terrenos abertos, pois em tais condições não será possível endurecer as plantas. Apesar dessas deficiências, essas estufas são extremamente fáceis de montar e desmontar. Além disso, se necessário, você pode adicionar facilmente seções adicionais para aumentar o tamanho da sala.




Outra desvantagem da estrutura arqueada é que no inverno há freqüentemente desvios e quebras do telhado, já que a neve não pode deslizar facilmente a partir dele. Em outras palavras, ou é necessário realizar uma limpeza contínua, ou o residente de verão corre o risco de perder toda a estrutura e as plantas. Essas estufas também não podem ser instaladas em regiões que são caracterizadas por ventos fortes, pois a montagem da estrutura é instável e qualquer rajada de vento pode demolir a estrutura.




Uma forma original é diferente das estruturas de gotejamento, que podem apresentar várias vantagens. Por exemplo, a tampa pontiaguda permite que a neve permaneça obsoleta, o que tem um efeito positivo na confiabilidade e durabilidade de toda a estrutura. Além disso, precisamente por causa disso, o solo da primavera dentro da estufa se aquece o mais rápido possível.

Tais edifícios são considerados a solução mais ideal para as regiões do norte, que são caracterizadas pela neve abundante no inverno. Recursos exclusivos de design permitem que a luz do sol penetre facilmente em todos os cantos da estrutura. A única desvantagem significativa da construção em forma de gota é a complexidade de sua instalação, que está além do poder de cada pessoa.




Еще одной разновидностью является голландский тип помещения, позволяющий растениям получать как можно больше солнечного света. Достичь такого результата удалось благодаря тому, что в качестве покрытия здесь используется особое стекло, характеризующееся однородной структурой. Este projeto não permite que o excesso de umidade entre na estufa, pois está equipado com uma calha de alumínio. Ele é responsável por coletar e drenar a água da chuva.


O desenho da calha também fornece vedações especiais para evitar a condensação. Uma característica distintiva de todo o sistema de drenagem da estufa holandesa é que ela é montada na cumeeira do telhado. Por causa disso, possui resistência ao vento. Se a estufa tiver um tamanho grande e estiver localizada em uma região com condições climáticas severas, então você precisará cuidar do sistema de aquecimento. É melhor usar sistemas totalmente automatizados que permitam garantir um microclima ideal em uma base contínua.

Modelos de quadros também são bastante populares. Por exemplo, você pode escolher uma estufa, cuja base será feita em uma armação de metal. Isso afetará positivamente a resistência e a durabilidade do produto.

Localização

No processo de escolha de um local para a instalação de estufas de policarbonato, você deve ter muito cuidado, porque depende da eficiência de toda a estrutura. Escolhendo um lugar, você deve seguir as seguintes regras.

  • A estufa deve estar o mais perto possível da casa principal, especialmente se for aquecida durante a estação fria. Em seguida, será possível organizar uma conexão com o sistema de aquecimento em casa e, assim, economizar na compra de aquecimento independente.
  • É melhor abandonar a ideia de construir prédios em terras baixas, pois a terra aqui é muitas vezes congelada. Além disso, você não pode escolher áreas abertas ou inclinações como locais. Essas áreas são caracterizadas por ventos frequentes e fortes que podem perturbar a integridade da estrutura da estufa.
  • As estufas de solo fechado não podem ser construídas em solos a granel, se as águas subterrâneas estiverem muito próximas.
  • Se a área suburbana não pode se gabar de grandes dimensões, então encontrar um bom lugar é bastante difícil. A observação do território é considerada a maneira ideal de seleção, devido ao qual se pode determinar o local mais ensolarado.

Após a seleção do local ideal, é necessário realizar todo o trabalho preparatório para iniciar a construção. O solo deve estar completamente seco e solto, caso contrário não será possível construir uma estufa. Alguns moradores de verão aconselham deixar um pequeno viés apenas nos casos em que ele está voltado para o lado sul. Se o local for caracterizado por uma grande quantidade de umidade, então sulcos especiais devem ser cavados ao redor, o que será usado para drenar o excesso de água. E se estamos falando de uma sala para uso a longo prazo, então ela deve primeiro ser construída de tal maneira que ela se encaixe perfeitamente no design geral da área local e não estrague a paisagem. Por exemplo, você pode instalar um caminho especial para a construção da estufa, ao longo da qual determinados materiais e mudas serão usados. Se durante a construção for necessário marcar o perímetro do desenvolvimento futuro, então os pinos podem ser usados ​​neste caso. Além disso, antes do início dos trabalhos de construção, é imperativo observar o território, a fim de garantir que a futura estufa seja capaz de receber uma quantidade suficiente de luz natural e luz solar.




A localização da estufa também pode ter alguma influência no seu design. Se estamos falando de opções unilaterais, elas são melhor localizadas de oeste a leste, mas sempre direcionamos o telhado para o lado sul. Quanto às variantes do frontão, elas devem passar de norte a sul, e o desvio máximo não pode ser maior do que 15 graus. Não esqueça que os raios são sempre mais eficazes se entrarem na sala em um ângulo reto. É por isso que as estufas de tendas são consideradas mais eficientes. No entanto, este requisito é importante apenas para o quarto, que é usado na temporada de inverno. No verão, nas condições climáticas domésticas, não há problemas com o fornecimento de luz natural e luz solar, de modo que você pode selecionar praticamente qualquer versão da estrutura da estufa. Se você precisa proteger o objeto de ventos fortes e condições climáticas ruins, então a solução ideal é a localização de uma cerca sólida no lado norte, que tomará conta do vento e também fornecerá ao projeto da estufa a sombra necessária.

Se a planta é cultivada em solo protegido, então deve constantemente receber cuidados e rega adequados. É por isso que os jardineiros aconselham usar um suprimento centralizado de água, o que permite que você se livre de todos os problemas com a entrega de água à estufa. Com isso, você pode instalar um sistema de irrigação automática, que é considerado o mais eficaz e permite a rega sem a participação do jardineiro. Se não for possível realizar um suprimento centralizado de água devido às características de projeto da estufa ou problemas de solo, um poço ou poço precisará ser instalado próximo às estruturas da estufa. No caso extremo, na ausência de qualquer uma dessas opções, você pode se limitar a um grande barril de água. Para evitar que o solo se desprenda da parte interna do perímetro, você pode instalar placas ou folhas especiais, que também se mostraram bem no processo de fixação da borda interna das camas.


Ao planejar a construção de uma estufa de policarbonato, é imperativo levar em conta as características distintivas da paisagem na região. Ao mesmo tempo, um dos papéis mais importantes é desempenhado pela qualidade do solo. E se o solo na área da cabana de verão é caracterizado por suavidade, então a construção no futuro pode diminuir significativamente, o que representa um perigo para a sua integridade e confiabilidade. É por isso que os especialistas aconselham a dar preferência à área com um terreno forte, e se a construção é feita em uma área pantanosa, então escorra. Além disso, os especialistas não recomendam a instalação de estufas em solos argilosos, pois isso costuma causar a estagnação da umidade na própria estufa. Neste caso, a solução ideal é a construção de um travesseiro de areia.

Assista ao vídeo: Eskade -- Forum 11-13 temat: Wypadanie poliwęglanu z profili po zimie, nieszczelności świetlika (Agosto 2019).

Deixe O Seu Comentário