Publicações Populares

Escolha Do Editor - 2019

Todos os segredos de fazer forro

Atualmente, o revestimento de madeira está em grande demanda no campo da decoração de interiores. Dada a crescente popularidade dos produtos, somente marcas especializadas começam a se engajar em sua fabricação. Para economizar recursos materiais, muitos decidem fazer o forro com suas próprias mãos. Com habilidades básicas, matérias-primas e ferramentas, isso é bem possível. Este artigo irá discutir como fazer em casa um material de acabamento confiável e elegante.

Características especiais

Antes de proceder à descrição do processo de fabricação, é necessário entender o que é este produto.

O forro é um tipo de material de revestimento, que é um produto do processamento de madeira natural. É usado para projetar estruturas simples (retilíneas) e complexas. Dependendo das características técnicas dos produtos utilizados para decoração exterior ou interior. Externamente, são painéis planos que possuem conexões especiais nas bordas.

Na produção de revestimento usado vários tipos de madeira, madeira e coníferas: amieiro, cedro, freixo, pinho, faia e muito mais.

Os produtos são divididos em segmentos separados com base em várias características. Uma delas é a forma do perfil: painel, eurolining, "calm", "american", block house.

Acabamento de madeira combina excelente desempenho e qualidades estéticas. Devido a estas características, o acabamento é generalizado. O forro é usado para revestimento externo e interno.

Vantagens do revestimento:

  • aparência estética;
  • uma rica gama de produtos, diferindo em cor, textura e desempenho;
  • é um produto ambientalmente correto, seguro para a saúde e o meio ambiente;
  • material de alta qualidade tem excelente praticidade e durabilidade;
  • material de acabamento de madeira é um clássico que é sempre relevante e em demanda;
  • processo de instalação simples;
  • O acabamento natural cria uma atmosfera confortável na sala.

Desvantagens:

  • preço alto;
  • requer cuidado cuidadoso.

Tecnologia de produção

As informações listadas nesta seção certamente serão úteis se você decidir fazer seu próprio forro. O processo de fazer chapeamento é dividido em tais etapas.

Processo faseado:

  • Tomada de placa. Os troncos das árvores são serrados em tábuas com a ajuda de disco ou serra de fita. Espessura varia de 15 a 25 milímetros, largura - de 100 a 150 milímetros.
  • Secagem Em secadores de câmara especiais, o material é processado sob a ação de altas temperaturas. Depois disso, o risco de rachaduras e torções das placas torna-se mínimo.
  • Ordenar Dependendo da qualidade das matérias-primas, o material é cuidadosamente classificado. Na produção de placas de revestimento são utilizados, a qualidade dos quais não é inferior ao segundo grau.
  • Fabricação O material de acabamento em si é feito em equipamento especial. As empresas usam uma plaina de quatro lados. Em apenas uma passagem, todos os planos do painel são processados ​​devido à seleção de facas e cortadores. No processo de criação do perfil necessário.
  • Processamento. Para preservar a beleza natural da madeira e prolongar a vida útil do acabamento, os painéis são processados. A tábua é coberta com um mashinker ou formulações especiais de laca e esmalte. Outra maneira é escovar. A técnica é usada quando é necessário dar ao produto o efeito da antiguidade.
  • Verifique. No final, o produto acabado é testado quanto à resistência, durabilidade, confiabilidade e outras características técnicas.

Por onde começar?

Primeiro você precisa encontrar uma sala separada para o trabalho. Lembre-se de que as máquinas-ferramentas e os equipamentos de carpintaria no processo produzem muito lixo e ruído. Considere também a condição da fiação elétrica. Deve ser capaz de suportar cargas longas. Caso contrário, a fiação pode simplesmente queimar.

Especialistas asseguram que com uma base técnica, certas habilidades e consumíveis, é possível fazer um painel de vários tipos, diferindo em forma, tamanho e tipo de conexões.

Requisitos gerais

Independentemente da complexidade do trabalho, bem como da funcionalidade e potência do equipamento, você deve cumprir os seguintes requisitos.

Os consumíveis utilizados na fabricação de revestimento devem obedecer às seguintes características: tamanhos idênticos (espessura e largura), tábuas exclusivamente cortadas. Recomenda-se passar elementos largos através do medidor de superfície pelo menos uma vez em cada lado. Esta tarefa enfrenta perfeitamente o medidor de superfície de dois lados. Se não estiver à mão, use uma máquina de junção padrão.

Especialistas afirmam que, para excelentes resultados, você só pode usar placas com um índice de umidade relativa não superior a 24%. Se este valor for maior que o normal, o material deve ser seco. Faça-o em uma sala ventilada ou colocando placas sob um dossel. Para que o processo demore menos tempo, forneça grandes espaços entre as pilhas.

Para secar, dobre a madeira com cuidado para evitar que a forma seja torcida. Não se esqueça de pressionar firmemente o nível superior usando qualquer carga grande.

É importante cumprir integralmente os regulamentos de segurança. As estatísticas indicam que o equipamento para processamento de madeira é o mais perigoso em operação. O uso de roupas de trabalho especiais e equipamentos de proteção é obrigatório. Você pode comprar tudo o que precisa em lojas de ferragens.

Verifique o equipamento para operação adequada. O uso de equipamento quebrado é carregado de consequências negativas. Se você encontrar violações no trabalho, certifique-se de chamar um especialista em reparo ou ajustá-lo você mesmo se tiver a experiência necessária.

Os aspectos acima irão ajudá-lo a realizar o trabalho de fazer o material de revestimento corretamente.

Etapas do trabalho

Considere com mais detalhes a opção comum para a produção de revestimento em casa, usando uma circular.

O trabalho começa com a preparação de consumíveis e a limpeza do espaço de trabalho. Você deve determinar com precisão a quantidade de madeira. Para a fabricação de placas de necessidade aplainada, cuja largura não exceda 10 centímetros, e a espessura é de 1,5 a 2 centímetros. O uso de placas maiores não é recomendado devido ao tipo de conexão entre as placas de revestimento.

No processo de trabalho, coloque a madeira em um lado da serra circular e o produto acabado - no outro. Isso ajudará a manter a ordem e limpeza na sala.

Todas as placas devem ter o mesmo comprimento. Se este não for o caso, o material deve ser aparado. Além disso, inspecione cuidadosamente as placas e avalie a condição de sua superfície. Se houver nós pretos podres, envie as matérias-primas para o lixo. Livrar-se de tais defeitos em casa não vai funcionar.

Preste especial atenção ao armazenamento de espaços em branco. Observe não apenas a direção das fibras de madeira, mas também a localização de vários defeitos de material natural. Cada especialista dirá que esses são os elementos mais difíceis de processar.

No local de trabalho, o material quanto à localização das fibras e falhas coincide com o curso de rotação do dispositivo de corte. Se esta regra não for observada, o acabamento superficial do material será insatisfatório.

É hora de expor a serra circular. Se houver uma discrepância na largura das placas, é necessário nivelar a madeira. Para executar este procedimento, coloque a régua na distância desejada dos dentes e fixe firmemente o elemento.

Importante: a régua deve estar localizada paralela à serra. Para máquinas caseiras, você deve usar um quadrado especial. As configurações de fábrica possuem essas marcas. Além disso, as configurações do equipamento devem ser verificadas com um pequeno pedaço de placa.

Revestimento padrão é equipado com uma conexão no "trimestre". Para fazer tal aperto é possível usando uma serra circular convencional. Você precisa ajustar a altura da mesa e a distância até a régua. Monte o segundo elemento deve ser abaixado e movido para a serra. Ao trabalhar com cuidado, verifique se os planos estão paralelos. Distância - 1 centímetro. A régua deve ser presa com firmeza e segurança.

Ajuste a posição da mesa de modo que os dentes da serra circular estejam localizados a uma altura de um centímetro no ponto máximo. Como resultado, a altura da serra e sua distância à régua devem ser de 10 milímetros. Verifique se os parâmetros estão corretos usando parte do quadro. Ajuste a posição dos elementos, se necessário.

Em seguida, você precisa identificar o tipo de conexão acima. A primeira passagem é realizada - a placa é colocada plana, o plano lateral é pressionado contra a régua o mais próximo possível. Se tudo for feito corretamente, um corte de um tipo de característica deve aparecer ao longo de todo o comprimento do produto.

Nunca pressione a madeira com a mão. Use para isso uma barra de madeira separada, caso contrário, é repleto de lesões. Também é proibido inclinar-se no final do tabuleiro.

Depois coloque o material na borda. O propil é feito do lado da linha. Desta forma você corta o “quarto” necessário para conectar os painéis. Remova as partes cortadas da superfície de trabalho imediatamente, para não sujar o espaço de trabalho.

Para completar as conexões, gire a placa 180 ° e faça o procedimento acima no outro lado. "Quarters" na ripa deve ser colocado espelho, isto é, em um lado do painel sulcos estão no topo, e no lado oposto - na parte inferior. Ao montar o material de acabamento, as conexões são sobrepostas, sobrepondo as juntas entre elas.

Os mestres recomendam processar faces laterais visíveis do revestimento, usando um moinho manual. O equipamento que você precisa é de uma fresadora padrão.

Para trabalhar, você deve escolher um perfil, instalá-lo verticalmente, consertar o painel e caminhar ao longo dele com uma ferramenta.

Dicas

  • Mesmo enquanto estiver trabalhando na máquina, não remova a proteção especial da serra (cunha e revestimento). Muitas pessoas acreditam erroneamente que esses elementos são necessários para proteger os olhos da serragem. Seu principal objetivo é impedir que o painel de madeira voe de volta. A força de impacto não só pode prejudicar o mestre, mas até mesmo penetrar na cavidade abdominal.
  • Para não se distrair enquanto estiver trabalhando em itens extras e lixo, remova todo o excesso não apenas da mesa, mas também do chão. Toda a atenção deve estar totalmente focada no equipamento ou instrumento de trabalho.
  • Se o comprimento das placas for maior que um metro, não é recomendado trabalhar sozinho. Neste caso, você corre o risco não apenas de sua saúde, mas também da qualidade dos painéis da parede. Se você não pressionar o material na régua com firmeza suficiente, a linearidade do fresamento será interrompida.

Assista ao vídeo: Forro de Pvc Segredos Revelados parte 1 (Agosto 2019).

Deixe O Seu Comentário